• Leandro Waldvogel

É porque você não fez!


RuPaul é um exemplo de quem agiu apesar de todas as adversidades. Em uma época em que ser gay e, além disso, "drag queen" era muito mais difícil do que hoje, ele encarou a sociedade, criou um império, e mudou o mundo para muita gente.

É claro que as circunstâncias e as possibilidades que a vida dá a cada pessoa podem ser muito diferentes. Não se pode negar que para alguns privilegiados as oportunidades aparecem com mais facilidade e as experiências acumuladas durante a vida abrem portas que parecem nem existir para muita gente.

Mas se você parar para observar o mundo com imparcialidade, vai perceber que todos os que realmente “deram certo” e construíram algo significativo para as próprias vidas são pessoas que possuem, invariavelmente, uma característica em comum: elas fazem. 


quem tem sucesso tem pelo menos uma característica em comum: elas fazem.

Ao longo de mais de uma década atuando como coach e mentor de dezenas de profissionais e empreendedores, não me lembro de um só caso de alguém que tenha decidido agir, tenha enfrentado os desafios do mundo e os de suas próprias cabeças, tenha tropeçado e persistido, e não tenha tido sucesso. Muito frequentemente a ideia de sucesso muda radicalmente durante a jornada de cada indivíduo. Mas todos que conseguiram colocar seus pensamentos em ação tornaram-se pessoas bem-sucedidas.

Uma lição importante é que sucesso é algo absolutamente individual, um sentimento único de cada pessoa. Se a fama depende dos outros - ninguém é famoso por acreditar ser famoso -, o sucesso depende apenas de você. Ter sucesso é escolher fazer o difícil, sair da zona de conforto que evita riscos a qualquer custo, aceitar a vulnerabilidade que vem da exposição ao julgamento e aceitação do mundo. Ter sucesso é ter percorrido o caminho que você mesmo teve de abrir, olhar para trás e ter o insubstituível sentimento de realização.

Ter sucesso é ter percorrido o caminho que você mesmo teve de abrir, olhar para trás e ter o insubstituível sentimento de realização.

Profissionais dentro de empresas, empreendedores, gente que trabalha sozinha… todos estão permanentemente diante do mesmo desafio: acreditar nas desculpas que criam para se manterem na zona de conforto, ou decidir agir e correr o “risco do sucesso”. É isso mesmo: o risco que você corre é de ter sucesso, porque o sentimento de fracasso por ficar no mesmo lugar você certamente já tem.

o risco que você corre é de ter sucesso, porque o sentimento de fracasso por ficar no mesmo lugar você certamente já tem.

Não importa qual seja seu objetivo profissional ou ideal de carreira, onde quer que você esteja tenha a certeza de que o ingrediente mais importante para o sucesso é simplesmente fazer e ser "dono" do seu próprio caminho.

Há alguns anos fui contratado para treinar uma equipe novos colaboradores do Citi para fazer apresentações e falar em público. Apresentar é o primeiro passo para transformar ideias em ações e provavelmente o passo inicial de todas as pessoas que encontram o sucesso. O grande medo daqueles jovens profissionais era estar em uma sala com gente muito mais experiente - e com títulos mais graúdos! - do que elas e apresentar uma ideia “errada”. O que essa rapaziada aprendeu é que provavelmente nunca seriam julgados por uma ideia errada. Mas seriam julgados por ideias mal apresentadas, por não terem a capacidade de dar vida a seus pensamentos. Seriam julgados pelo que não fizeram.

Para que você comece a trilhar seu próprio caminho e alcance seus objetivos, talvez a primeira lição seja aprender a transformar suas ideias em narrativas que possam ser compartilhadas com o mundo e, a partir daí, possam ir ganhando força, se transformando, convencendo mentes e corações e produzindo sucesso e felicidade.


Saulo e Luiz são um casal de empreendedores de sucesso. Com visão e resiliência, dedicam seu tempo para a criação de uma marca de sucesso no segmento de beleza e, com muito empenho, transformam suas experiências em narrativas que compartilham com milhares de pessoas que podem aprender com suas histórias de acertos e tropeços. @duo_mais

Quanto mais você demorar para começar a agir e fazer algo por você, mais tempo você irá desperdiçar em um lugar cinza e sem gosto da vida. E sabe qual é o único bem que realmente temos? Nosso tempo! Seu fracasso provavelmente vem de uma única variável: você não fez!

Quanto mais você demorar para começar a agir e fazer algo por você, mais tempo você irá desperdiçar em um lugar cinza e sem gosto da vida.

Use seu tempo para fazer, para não se permitir acreditar nas desculpas bem elaboradas que sua mente sempre vai criar para te proteger do desconhecido e do risco. Tenha certeza de que você vai tropeçar e se atrapalhar. Mas tenha mais certeza ainda de que quanto mais cedo, com mais propriedade, e com mais intensidade você usar seu tempo, mais sucesso e realização você terá. 

Por Leandro Waldvogel - www.waldvogel.com.br


7 visualizações
  © Leandro Waldvogel 2019
  • email-icon-white-circle1
  • LinkedIn
  • Branca Ícone Instagram
  • Facebook - Círculo Branco
  • Branca ícone do YouTube